Dom, 26 de Junho de 2011 14:05

No ano de 2008 a Fast Paly em parceria com a Federação do Desporto Escolar começou de forma pioneira a organizar e realizar o Torneio Escolar de Badminton, até então nunca havia sido feito algo igual.

A Fast Play apostou na idéia de que a modalidade olímpica precisava figurar nas escolas para que o esporte ficasse mais conhecido.

O local para a realização desta primeira etapa foi o município de São Bernardo do Campo, pois na região do ABC existem várias escolas que já atuam com o badminton dentro da sua grade curricular. O SBTC - São Bernardo Tênis Clube foi o clube escolhido para abrilhantar este evento pois conta com um ginásio poliesportivo com 6 quadras oficiais de badminton e uma excelente infra-estrutura para receber os alunos das escolas participantes.

A parceria com a Federação do Desporto Escolar foi muito importante pois este torneio foi idealizado para alunos das escolas do Estado de São Paulo, ou seja, alunos que não são federados.

Seguindo as orientações da FEDEESP a Fast Play organizou um torneio pensado para os alunos das escolas, sendo assim, apresentou vários diferenciais que fizeram a diferença e o sucesso do evento.

Desde a sua primeira etapa realizada em julho de 2008, já foram realizadas 9 etapas.

Depois desta iniciativa a Federação de Badminton do Estado de São Paulo inclui no seu calendário o Torneio Inter-escolar de Badminton, mas manteve as caracterísiticas do desporto de competção e rendimento.

Fonte: Fast Play



Publicado em Badmilton
Dom, 26 de Junho de 2011 14:55

No ano de 2008, mas precisamente no mês de outubro, foi realizado o primeiro Torneio Universitário de Badminton.

Até então nunca havia sido feito nenhum torneio para os alunos das faculdades e universidades do Brasil.

A Fast Play Eventos Esportivos, empresa na área de organização e realização de eventos esportivos, em parceria com a Liga Esportiva Universitária Paulista, realizaram no dia 4 de out de 2008 a primeira etapa do Torneio Universitário que aconteceu nas quadras da Academia São Paulo de Badminton.

A proposta da Fast Play com a realização do torneio universitário de Badminton é divulgar a modalidade olímpica Badminton nas Faculdades e Universidades do Estado de São Paulo.

A idéia da realização destes torneios entre universitários, principalmente entre os futuros professores de Educação Física, foi a de incentivar o surgimento de multiplicadores profissionais para a divulgação e expansão do Badminton no Brasil.

Esta primeira etapa contou com a participação de 10 entidades de ensino, entre faculdades e universidades de São Paulo. Foram disputadas as modalidades Simples Feminino e Simples Masculino.

Em abril de 2009 foi realizada a segunda etapa também organizada e realizada pela Fast Play em parceria com a Liga Paulista e mais faculdades e entidades participaram desta etapa.

Neste mesmo ano a atual Federação Paulista de Badminton organizou e realizou pela primeira vez uma etapa da modalidade Badminton nos Jogos Universitários Paulistanos (JUP).

Desde então, acontecem 2 etapas por ano da modalidade olímpica Badminton no JUP, mas a participação ainda é muito restrita ao alunos da USP, pois a Universidade de São Paulo continua sendo uma das únicas universidades a ter no seu Centeo Esportivo (CEPEUSP) um horário regular da prática da modalidade.

Fonte: Fast Play



Publicado em Badmilton
Sáb, 05 de Março de 2011 19:56

O Beach Tennis é uma modalidade que foi criada em 1997, na Província de Ravenna, na Itália, e teve a primeira quadra idealizada por Dott Bellenitti.

Nos dias atuais, calcula-se que exista em torno de 500 mil praticantes em mais de 66 países.

O esporte tem as regras bem parecidas com o Tênis, e a contagem idêntica (15, 30, 40 e game, sem a vantagem nos 40 iguais), mas possui apenas um saque por ponto disputado.

As raquete oficiais IFBT possuem as dimensões 55cm X 38mm.

A rede é montada a uma altura de 1,70mts, e a bola possui média pressão (SOFT) para homologação IFBT.

O Beach Tennis é uma mistura de tênis, vôlei de praia, badminton e frescobol.

No Brasil a prática do Beach Tennis começou em 2008, na cidade do Rio de Janeiro, Atletas brasileiros já conquistaram o 3° lugar nos campeonatos mundiais de 2008 e 2009, com destaque para o ouro no masculino e feminino na Copa das Nações em dezembro de 2009, em Aruba.

A Confederação Brasileira de Beach Tennis (CBBT), criada em 23 de outubro de 2009, tem por objetivo o desenvolvimento desta modalidade esportiva em todo o Brasil.

O Beach Tennis promove acima de tudo saúde e qualidade de vida, melhora o condicionamento físico aeróbico, anaeróbico, força muscular e resistência muscular de MI (Membros Inferiores) e MS (Membros Superiores).

Os golpes mais usados no Beach Tennis são:

- Voleio de forehand

- Voleio de backhand

- Lob

- Smash

- Drop shot

- Saque

Fonte: www.cbbeachtennis.com

 

Publicado em Beach Tennis
Seg, 07 de Março de 2011 20:28

O Frescobol foi inventado no Brasil entre 1945 e 1946, no bairro de Copacabana, cidade do Rio de Janeiro, após o término da II Guerra Mundial. Seu idealizador, Lian Pontes de Carvalho, residia no edifício de nº 1496 da Avenida Atlântica, esquina com a rua Duvivier.

Na década de 1950, o arquiteto Caio Rubens Romero Lyra, morador da rua Bulhões de Carvalho, em Copacabana, costumava jogar tênis com os amigos nas areias da praia, entre os postos 4 e 5. Como as raquetes estragavam com freqüência, por causa da maresia, ele desenhou raquetes de madeira, resistentes à água do mar. Pediu então a um amigo, que possuía uma carpintaria em casa, na rua Souza Lima, no mesmo bairro, para fabricar as raquetes. Estava aí inventado o jogo como o conhecemos hoje. Somente décadas depois o nome "frescobol" foi criado.

O nome FRESCOBOL foi criado pois o termo "FRESCOR DO FINAL DA TARDE" era utilizado por senhoras que frequentavam a praia à tarde. Os "gringos" que não suportavam jogar no auge do calor do Rio de Janeiro misturaram os termos "FRESCO" + "BALL" e os cariocas denominaram o esporte como FRESCOBOL.

Durante a década de 80 foram realizadas muitas competições isoladas em vários estados do Brasil. Apesar disto, ainda não havia um grande intercâmbio entre os jogadores de diferentes naturalidades. Mais tarde, em 1994, foi realizado o I Circuito Brasileiro de Frescobol que percorreu nove estados brasileiros, possibilitando assim um grande intercâmbio entre os jogadores de vários estados.

Em abril de 2003, realizou-se o I Congresso de Frescobol, en Vitória-ES, contando com a participação da Federação Baiana de Frescobol – FEBAFRE, da Federação de Frescobol do Estado do Rio de Janeiro – FEFERJ, da Federação Espiritosantense de Frescobol - FESFRE e da extinta Associação Brasileira de Árbitros e Atletas de Frescobol – ABRAAF (do Estado de São Paulo). Neste congresso, foi constituído um novo regulamento para o Frescobol. A partir de então, as federações buscam a fundação da Confederação Brasileira de Frescobol a fim de registrar este novo esporte no Ministério dos Esportes, Comite Olímpico e Para-Olímpico Brasileiro.

Alguns praticantes amadores e jogadores profissionais que viajam para outros países têm disseminado a prática do esporte por onde passam. Desta forma, o Frescobol tem se difundido por todo o mundo.

Publicado em Frescobol
Dom, 26 de Junho de 2011 13:15

História da Associação Esportiva SANKALP

O projeto “Badminton na Escola” foi idealizado em dezembro de 2005, pela professora Marta Lopes, com a idéia de propiciar a prática do esporte aos alunos da rede estadual de ensino na cidade de Campinas.

No início de 2006, conseguiu-se uma escola com infra-estrutura necessária, a EE Jornalista Roberto Marinho, no CDHU da Vila Padre Anchieta. Porém, pela falta de recursos, só foi possível viabilizar o projeto em outubro daquele ano: com trabalho voluntário dos alunos e comunidade foram pintadas as quadras, sete raquetes e algumas petecas usadas foram doadas por amantes do esporte e, para suprir a falta das redes, adaptaram-se duas cordas.

O trabalho foi iniciado com uma turma de dez alunos, treinando as terças e quintas-feiras das 18h00 às 20h30. Durante mais de dois anos, esta foi a única escola pública do estado a participar de torneios promovidos pela Federação de Badminton do Estado de São Paulo (FEBASP) e pela Confederação Brasileira de Badminton (CBBd), tendo conseguido excelentes resultados em pouco tempo de trabalho.

Entre os principais resultados esportivos nestes primeiros anos, podem-se destacar:

2007

- Melhor atleta em Simples Mirim Feminina no circuito FEBASP (Gabriela dos Santos)

- Melhor atleta em Dupla Infantil Feminina no circuito FEBASP (Gabriele Santos)

- Melhor Dupla Masculina Infantil no circuito FEBASP (Luan Rocha e Marcos Freitas)

- Medalha de Bronze em Simples Mirim Feminina no Campeonato Brasileiro (Gabriela dos Santos)

- Medalha de Bronze em Dupla Feminina A no Campeonato Brasileiro (Marta Lopes)

2008

- Melhor atleta em Simples Mirim Masculino no circuito FEBASP (Caio Caldeira)

- Melhor Dupla Mirim Masculina no circuito FEBASP (Caio Caldeira e César Corat)

- Medalha de Bronze em Dupla Feminina Sub-15 no Campeonato Brasileiro (Gabriela dos Santos e Tainara Marcelino)

- Medalha de Prata em Dupla Masculina Sub-17 no Campeonato Brasileiro (Lucas Cavalheiro e Luan Rocha)

- Medalha de Ouro em Dupla Mista Sub-13 no Campeonato Brasileiro (Caio Caldeira)

- Medalha de Bronze em Simples Mirim Sub-15 no Campeonato Brasileiro e classificação para a Seleção Brasileira do Pan-Jr/Guatemala (Gabriela dos Santos)

2009

- 3ª Melhor Equipe na Categoria Aberta no circuito FEBASP (tendo sido 2ª colocada nas duas últimas etapas do ano).

Para dar continuidade ao trabalho e buscar melhores condições, foi criada em janeiro de 2008 e registrada em julho do mesmo ano a Associação Esportiva SANKALP, entidade civil de direito privado sem fins lucrativos, com o objetivo de administrar o projeto de Badminton, captando recursos e parcerias.

Os treinos continuam sendo desenvolvidos na EE Roberto Marinho, mas, a partir de 2009, a equipe do projeto da professora Marta passou a representar a SANKALP nos torneios oficiais de Badminton.

Em abril de 2009, em reconhecimento a todo trabalho já desenvolvido no projeto, mesmo antes da fundação da Associação, a Câmara dos Vereadores de Campinas, por proposta do vereador Zé Carlos, concedeu à entidade o título de Órgão de Utilidade Pública Municipal (lei 13.566/2009).

Fonte: www.sankalp.org.br


Publicado em Badminton
Qui, 13 de Agosto de 2020 16:57


ZBOL e seu criador

O Zaccarobol ou ZBOLé uma modalidade esportiva genuinamente brasileira, criada no verão de 1990, pelo professor de Educação Física Sérgio Plaster Zaccaro, em Ipanema – RJ, na rua Garcia D´ávila, posto 10.

Origem do ZBOL

Inspiração no Tênis A mesma teve como base de criação o tênis, tendo como representante brasileiro na época o Gustavo Kuerten (o Guga).

Guga começou a se destacar no cenário nacional ganhando admiração por parte das crianças e aumentando a visibilidade do tênis no país onde o esporte admirado e enraizado como esporte cultural é o futebol.

A partir desse ponto, o professor Zaccaro observou que seria interessante ampliar as possibilidades de práticas esportivas por parte das crianças, uma vez que a admiração e apego a outrosesportes, que não apenas ao futebol, tornaram-se possíveis.

Ao observar tecnicamente o tênis, o professor Zaccaro notou um maior desenvolvimento físico no lado dominante dos praticantes, uma vez que todos os movimentos de ataque, controle e defesa são realizados apenas com o lado de dominância motora.

Junto a este fato, teve a interrupção da carreira precoce do atleta Guga devido a sua lesão no quadril, desta forma Zaccaro levou adiante sua pesquisa sobre esses fatores, e foi analisar na origem do tênis, onde originalmente usavam-se as mãos para bater na bola, e quis buscar uma alternativa para que um esporte de raquete pudesse não exigir muito apenas de um lado do corpo, em nível de apoio de peso, aspecto rotacional e aplicação de força.

Conhecendo o ZBOL

Dentro da mesma perspectiva de observação e base do tênis, Zaccaro observou certa dificuldade de alguns praticantes ao acertar a bola, devido à distância entre o ponto de apoio (cabo) e a área de contato da bola (corpo da raquete).

Deste modo, foram-se evoluindo as raquetes do ZBOL para o modelo atual, no qual o ponto de apoio e área de contato são as próprias mãos, facilitando sua aplicação por muitos praticantes.

Inicialmente, o professor Zaccaro decidiu pegar um par de raquetes de frescobol que ele tinha em casa, cortar os cabos e adicionar tiras de elástico que pudessem servir de apoio para as mãos, feito de forma rústica e improvisada.

Zaccaro chamou um amigo e foi para a praia jogar uma partida com o seu mais novo material adaptado, partindo do princípio de ter um bom contato e entrosamento com seu amigo e parceiro, que, junto com ele, fora campeão brasileiro de Squash.

Começaram a jogar e despertar interesse das pessoas que por ali passavam e perguntavam qual o nome do jogo, de que forma se jogava e, visivelmente, as pessoas se mostraram animadas com a aquela modalidade que até o momento não tinha nome definido.

Primeiro nome do ZBOL…

“Mariquinha e Maricota”??? Devido ao grande volume de pessoas que viam o esporte sendo praticado – e que interessadas perguntavam sobre a modalidade – Zaccaro se viu em uma situação na qual precisava de um nome para apresentar e indicar às pessoas que aquele era o mais novo e promissor esporte de raquetes originalmente nacional.

Nesse contexto, como primeiro nome criado no improviso e na pressão popular por saber como chamar aquela modalidade, tivemos “Mariquinha e Maricota”.

Quando questionado o porquê do nome, Zaccaro respondia: “É porque é com a direita e com a canhota”, levando seu parceiro aos risos com espontaneidade da criação improvisada do nome.

Desde então, Zaccaro passou a escrever as primeiras regras do esporte, que, segundo ele, não se resumiria ao sistema de jogo do frescobol com um participante, frente ao outro trocando bola.

Ele arrumou uma rede de badminton, que na época era a com o gomo menor e impossibilitava a bola de passar por entre os gomos; separou duplas para participar, e direcionou as regras.

Muitos participantes ficavam no lado de fora esperando seu momento de participar e experimentar jogar a modalidade, até que uma regra foi criada, onde os quatro participantes na partida sairiam (ganhando ou perdendo) para que o rodízio de pessoas no lado de fora tivesse uma rotação maior.

Fonte: Zbol o esporte amigo do cérebro e do coração.

Publicado em Zbol
Qui, 13 de Agosto de 2020 17:41

A quadra do esporte possui apenas 15x4m, menor que a de beach tennis.

A pontuação é mesma do vôlei, cinco sets, porém apenas 11 pontos precisam ser feitas para a vitória de cada um.

O primeiro Campeonato de Zaccaro Ball aconteceu em Campo Grande, conformei Sérgio, para “prestigiar as pessoas que já conheciam o esporte na região”.

Zaccaro afirmou que o esporte tem se espalhado por várias partes do país e até para o exterior, como a Grécia. 

Fonte: Campo Grande News

Publicado em Zbol
Dom, 16 de Agosto de 2020 14:00


O JOGO

É um jogo alternativo no qual você pode jogar de forma individual e em duplas.

Não existe uma forma pré-determinada de jogar, de qualquer forma você pode jogar de forma recreativa, seu objetivo é acertar o volante tentando não cair no chão, sem regras ou limites de campo, não tantos.

Porém, se preferir jogar de forma mais competitiva, serão acordadas ou estabelecidas regras do jogo, bem como uma área limitada com rede central, conforme descreveremos a seguir.


Fonte: Shuttleball - Jogos Alternativos

Publicado em Shuttleball
Seg, 07 de Março de 2011 22:37

Faça o seu cadastro no Club Racket, o maior Portal de Esportes de Raquete.


Speed Ball Sports, nasceu de um projeto comprometido com o desenvolvimento do Frescobol, inclusive com a formação e treinamento de atletas de alta performace. 

Aqui os frescobolistas interessados em iniciar na modalidade, praticantes, amantes do esporte ou atletas profissionais, dispõem de instalações planejadas e bem estruturadas, que visam oferecer toda a estrutura necessária ao seu desenvolvimento, sempre com base em uma filosofia de excelência e disciplina.


Speed Ball Sports
Rua Alegre, 506 - São Caetano do Sul
CEP: 09550-250
Fone:(11) 2311-0633
(Veja o mapa)

 

Publicado em Frescobol
Seg, 07 de Março de 2011 22:44

Este espaço é reservado para os usuários do Club Racket que queiram postar alguma foto: antiga, com algum jogador famoso, ou mesmo uma foto incrível da sua história no esporte de raquete preferido.

Publicado em Frescobol