Número de praticantes de Badminton cresce em Manaus

Qualifique este item
(0 votos)

Data: 28/01/13, por Érico Pena

O que você acha que resultaria a mistura do jogo de tênis com peteca? Se você falou badminton, acertou. Por mais incrível que pareça, o esporte é o segundo mais praticado no mundo, sendo mais presente em países da Ásia, como a China, Índia, Tailândia e a Malásia.

Mesmo há décadas no Brasil, o badminton só ganhou força em Manaus por conta dos Jogos Estudantis do Amazonas (JEAs).

Foi durante as competições, que surgiu a ideia de criar uma federação em outubro do ano passado.

De lá pra cá, 50 pessoas já se inscreveram para participar dos campeonatos. "E ainda estamos treinando outros professores para que levem a modalidade para as escolas. Queremos, até o fim do ano, somar mil atletas", comenta o professor Jefferson Oliveira, presidente da Federação de Badminton do Estado do Amazonas (Fedabam).

E para quem se inscreveu, eventos como a Copinha Amazonense de Badminton, prevista para o fim de março para as categorias sub-9, sub-11 e sub-13, já estão agendados.

Para praticar, basta vestir a roupa mais confortável possível e jogar a qualquer hora do dia. A única ressalva é, segundo Oliveira, quanto ao local. "O badminton deve ser praticado preferencialmente em ambientes fechados e cobertos por conta do vento que não deixa a peteca seguir uma trajetória retilínea quando você joga".

Fonte: Em Tempo On-line